foto: TRT/MT - 53º Encontro de corregedores (a) eleitorais _7 - 26.01.2024

Em ano de Eleições Municipais, corregedor-geral da Justiça Eleitoral destaca que corregedorias estão com atenção redobrada aos prazos estabelecidos pela legislação eleitoral

A equipe do Tribunal Superior Eleitoral (TSE) participou ativamente do 53º Encontro do Colégio de Corregedoras e Corregedores Eleitorais do Brasil (CCORELB), que ocorreu de quarta (24) a sexta-feira (26), no Centro de Eventos do Pantanal, em Cuiabá. Capitaneados pela Corregedoria-Geral Eleitoral (CGE), os integrantes do Tribunal atuaram em reuniões técnicas, palestras, painéis e debates, abordando pontos de interesse das corregedorias espalhadas pelo país. 

Além de reunir corregedoras e corregedores eleitorais, o evento contou com a participação de juízas e juízes auxiliares, servidoras e servidores dos Tribunais Regionais Eleitorais e da Corte eleitoral. Em discurso por videoconferência, o corregedor-geral da Justiça Eleitoral, ministro Raul Araújo, enfatizou que os encontros do Colégio são fundamentais para o aprimoramento dos serviços da Justiça Eleitoral no fortalecimento de nossa democracia e o compromisso de assegurar a normalidade e a integridade do processo eleitoral.

“O espaço debate questões de grande atualidade e importância, como a segurança dos sistemas eleitorais, a integridade eleitoral, o papel das corregedorias, a inclusão eleitoral, o combate ao assédio eleitoral e a implementação do juízo de garantias do cenário eleitoral”, avaliou o ministro.

Falando especificamente das Eleições Municipais de outubro, o corregedor-geral da Justiça Eleitoral destacou que as corregedorias estão com atenção redobrada aos prazos estabelecidos pela legislação, com ênfase especial ao prazo do encerramento do cadastramento eleitoral, que termina no dia 8 de maio. “Nossa missão é garantir que cada cidadão, independentemente de sua localização ou condição, tenha a possibilidade de votar de maneira segura e eficiente”.

Veja mais