Brasil tem a maior eleição informatizada do mundo - Foto: Antonio Augusto/Secom/TSE - 20.10.2023

Justiça Eleitoral garante 40 oportunidades de auditorias das urnas eletrônicas e dos sistemas eleitorais

O Brasil realiza, a cada dois anos, a maior eleição informatizada do mundo. Mais de 150 milhões de eleitoras e eleitores espalhados pelos 5,5 mil municípios do país contam, desde 2000, com eleições 100% informatizadas e seguras. Toda essa estrutura recebe ainda a fiscalização de partidos políticos, de entidades públicas e privadas e da sociedade civil para comprovar a transparência e a segurança do sistema eletrônico de votação.

Um ano antes do pleito, o Tribunal Superior Eleitoral (TSE) lança o Ciclo de Transparência Democrática, que marca o início de 40 oportunidades de auditorias das urnas eletrônicas e dos sistemas eleitorais, afirmando o compromisso da Justiça Eleitoral com um processo de votação confiável e transparente.

Etapas de auditoria: antes, durante e após as eleições

A Resolução TSE nº 23.673/2021garante a diversas entidades o direito de fiscalizar o curso do processo eleitoral. A abertura do código-fonte da urna eletrônica, por exemplo, um ano antes das eleições é o pontapé inicial nas ações de auditoria por parte das entidades fiscalizadoras, que só terminam com a entrega de dados, arquivos e relatórios das várias etapas das eleições, até 100 dias depois do pleito. As etapas de fiscalização e auditorias ocorrem antes, durante e após as eleições.

Veja mais