Cândido Saraiva toma posse como vice-presidente do TRE-PE

Cerimônia aconteceu na sala da presidência do Tribunal

Nesta sexta-feira, (1/12), o desembargador Cândido José da Fonte Saraiva de Moraes tomou posse como efetivo no cargo de vice-presidente e corregedor do Tribunal Regional Eleitoral de Pernambuco (TRE-PE). A solenidade foi conduzida pelo presidente do TRE-PE, desembargador Adalberto de Oliveira Melo, e aconteceu na sala da Presidência, no edifício-sede do Tribunal, localizado na avenida Agamenon Magalhães (Graças).

Estiveram presentes os membros da Corte do Tribunal, os desembargadores eleitorais Rogério Fialho, Frederico Tompson e Rodrigo Cahu Beltrão; o desembargador eleitoral e ouvidor regional eleitoral, Carlos Gil Rodrigues Filho; a desembargadora eleitoral e ouvidora da mulher, Karina Aragão; a desembargadora eleitoral substituta e diretora da Escola Judiciária Eleitoral (EJE-PE), Virgínia Gondim; e os desembargadores eleitorais substitutos Dario Rodrigues e Sílvio Neves Baptista Filho.

O vice-presidente do Tribunal de Justiça de Pernambuco (TJPE), desembargador Frederico Ricardo de Almeida Neves, ex-presidente do TRE; o juiz auxiliar da corregedoria, Bruno Duarte, a juíza Roberta Viana Jardim, representando o corregedor-geral do TJPE, desembargador Ricardo Paes Barreto, e a juíza de Mariana Vargas, ex-integrante do TRE, também estiveram presentes na solenidade.

Em seu discurso de boas-vindas, o desembargador Adalberto de Oliveira Melo destacou a extensa trajetória de Cândido Saraiva na advocacia pública e privada, somada a uma sólida e respeitada atuação no TJPE. “Sua excelência é, certamente, pelas vivências que acumulou, um dos quadros mais qualificados para contribuir com esta Justiça Especializada nos desafios que temos pela frente. De perfil que preza pela discrição e atento à qualidade técnica na sua atuação, o desembargador Cândido Saraiva alcançou o reconhecimento dos pares pelo esmero em todas as atividades em que se envolve e por sua intensa busca por aperfeiçoamento profissional e pessoal”, disse o presidente.

Veja mais