Foto: Alejandro Zambrana/Secom/TSE - Inspeção do código-fonte por representantes do partido União Brasil - 10.11.2023

Primeira entidade a auditar o sistema eletrônico de votação para o pleito foi o partido União Brasil

Nesta segunda-feira (4), completam-se dois meses da abertura do código-fonte da urna eletrônica e dos sistemas eleitorais a serem utilizados no pleito do ano que vem. Em outubro, o presidente do Tribunal Superior Eleitoral (TSE), Alexandre de Moraes, anunciou o início do período durante o evento de lançamento do Ciclo de Transparência – Eleições 2024. Isso significa que as entidades fiscalizadoras que representam a sociedade podem comparecer à sede da Corte, em Brasília, para inspecionar o código, uma das etapas de auditoria do sistema eletrônico de votação que confere ainda mais transparência e segurança ao processo eleitoral. 

Conforme ressaltou o presidente do TSE durante o evento, esse é mais um ciclo para mais uma reafirmação, de que a Corte está sempre aberta a todos aqueles que queiram auxiliar, fiscalizar, melhorar “a forma como nós exercemos a democracia”. “Com absoluta certeza de que, em 2024, teremos mais um ciclo democrático, mais uma eleição com total tranquilidade e transparência para que possamos solidificar cada vez mais a nossa democracia”, afirmou na ocasião.

04.10.2023 - Ciclo de Transparência Democrática - Foto: Alejandro Zambrana/Secom/TSE

Veja mais