Ministra Isabel Gallotti - Foto: Antonio Augusto/Secom/TSE - 13.09.2023

Magistrada ocupará a vaga a ser aberta com o fim do biênio do ministro Benedito Gonçalves. Villas Bôas Cueva foi eleito membro substituto do TSE

A ministra Isabel Gallotti foi eleita nesta quarta-feira (13), pelo Pleno do Superior Tribunal de Justiça (STJ), para integrar o Tribunal Superior Eleitoral (TSE) como titular da Corte. Ela assumirá a vaga que será aberta em decorrência do término do biênio do ministro Benedito Gonçalves, no dia 9 de novembro. Na mesma sessão, o Pleno do STJ escolheu o ministro Ricardo Villas Bôas Cueva para compor o TSE no cargo de substituto.

Maria Isabel Gallotti é ministra do Superior Tribunal de Justiça desde 2010 e foi indicada para o cargo de substituta do TSE no dia 9 de agosto de 2022, tendo sido empossada na Corte Eleitoral em 20 de setembro.

Com o término do biênio do ministro Benedito Gonçalves, em 9 de novembro, a função de corregedor-geral da Justiça Eleitoral passará a ser exercida pelo ministro Raul Araújo.

Constituição reserva duas vagas no TSE para ministros do STJ

Veja mais