JE pelo Brasil - 06.12.2023

Servidores promoveram palestras e debates sobre o exercício da democracia mesmo quando o voto não é mais obrigatório

Com o objetivo de reavivar a importância do voto para aqueles cujo ato não é mais uma obrigação, servidores da 94ª Zona Eleitoral de Chapecó (SC) realizaram, no último dia 30 de novembro, uma ação de cidadania com alunos da Universidade da Melhor Idade, projeto da Universidade do Oeste de Santa Catarina (Unoesc) para pessoas idosas.

As atividades tiveram a coordenação da chefe de cartório da 94ª Zona Eleitoral, Adriana Festugatto, e integram o programa “Justiça Eleitoral em movimento”, iniciativa de atendimento itinerante que leva os serviços eleitorais para mais perto dos cidadãos catarinenses. O projeto parte da visão do Tribunal Regional Eleitoral do estado (TRE-SC) sobre a necessidade de a Justiça se aproximar da sociedade, indo além do trabalho rotineiro.

je-pelo-brasil

Adriana iniciou a conversa lendo o texto vencedor do Concurso Nacional de Redação da Justiça Eleitoral, na categoria dos idosos. Os estudantes relembraram, então, o papel dos movimentos sociais pela conquista do direito ao voto e de quando passaram a votar de maneira direta e secreta. “Uma aluna, por exemplo, lembrou a primeira vez que a sua mãe, enquanto mulher, pôde votar, e como isso foi algo que marcou a sua memória de infância”, contou Adriana.

Veja mais