Foto: Antonio Augusto/Secom/TSE - Visita do ministro do Tribunal Eleitoral da Guatemala ao TSE - 13.11.2023

Magistrado assistiu ainda a apresentações sobre a urna eletrônica e os sistemas eleitorais

Na tarde desta segunda-feira (13), o magistrado Ranulfo Rafael Rojas Cetina, do Tribunal Electoral da Guatemala, esteve na sede do Tribunal Superior Eleitoral (TSE), em Brasília, para conhecer a experiência da Corte no combate à desinformação durante as Eleições Gerais de 2022. O chefe da Assessoria Especial de Enfrentamento à Desinformação (AEED), José Fernando Moraes Chuy, explicou ao magistrado como o TSE intensificou o enfrentamento das notícias falsas.

Segundo Chuy, em agosto de 2019, a Corte lançou o Programa de Enfrentamento à Desinformação, em parceria com várias empresas e órgãos, tornando-o permanente em 2021. No ano seguinte, a AEED foi criada pela Resolução nº 23.683.

Chuy elencou as atribuições da AEED, antes e após as eleições, com base na Resolução nº 23.714/2022, que trata do enfrentamento da desinformação atentatória à integridade do processo eleitoral. Os programas geridos pela área possuem hoje 167 parceiros oficiais, entre plataformas digitais, agências de checagem de fatos, empresas de monitoramento de redes, entidades acadêmicas e profissionais, além de partidos políticos.

Foto: Antonio Augusto/Secom/TSE - Visita do ministro do Tribunal Eleitoral da Guatemala ao TSE - 13.11.2023

Veja mais