Foto: Antonio Augusto/Secom/TSE - Sessão solene de eleição e posse do novo CGE - 21.11.2023

Eleito nesta terça (21), com o placar de 6 votos a 1, ele permanecerá no cargo até setembro de 2024

Em sessão solene realizada nesta terça-feira (21), o ministro do Tribunal Superior Eleitoral (TSE) Raul Araújo tomou posse como corregedor-geral da Justiça Eleitoral. Ele assume a função após a saída do ministro Benedito Gonçalves, que encerrou seu biênio como integrante da Corte no último dia 9. A Corregedoria-Geral Eleitoral (CGE) é ocupada por ministra ou ministro proveniente do Superior Tribunal de Justiça (STJ), seguindo a ordem de antiguidade da representação daquele Tribunal no TSE.

O ministro Raul Araújo foi eleito corregedor-geral na sessão desta terça, conforme determina o parágrafo único do artigo 119 da Constituição Federal e o artigo 17 do Código Eleitoral. A votação foi feita em urna eletrônica e ele foi eleito com o placar de 6 votos a 1, já que é tradição que o ministro mais antigo do STJ no TSE não vote em si mesmo.  

Na mesma sessão solene, foi empossada como integrante titular do TSE a ministra Isabel Gallotti.

Confira o vídeo da sessão solene.

Veja mais