::cck::7732::/cck::
::introtext::


O site da Ouvidoria do Tribunal de Contas de Pernambuco está de cara nova. A nova plataforma aperfeiçoou a interação com os cidadãos, com novidades no registro de denúncias, sugestões, críticas e elogios, além de solicitações para acesso a documentos públicos.

Um novo conceito em tratamento às atividades da Ouvidoria será implementado com o objetivo de se antecipar às demandas dos cidadãos. As técnicas e ferramentas digitais utilizadas vão permitir que a Ouvidoria parta na frente e fique por dentro do que está acontecendo de interesse da sociedade. 

Nesse conceito de Ouvidoria ativa, o setor pode efetivar suas próprias demandas não se restringindo assim a uma atuação passiva que aguarda a ação demandada pelo usuário, mas avançando na perspectiva de promover e estimular novas maneiras de participação promotoras de cidadania que contribuam para estabelecer o direito  da população como por exemplo a busca de soluções através do contato direto do TCE com as ouvidorias dos municípios pernambucanos.

“As melhorias incorporadas representam um avanço importante, tanto para o controle social, facilitando o acesso às informações e a participação dos  cidadãos na gestão dos recursos públicos, quanto para o aperfeiçoamento do planejamento das fiscalizações do Tribunal”, disse o conselheiro Carlos Neves, Ouvidor do TCE.

Na plataforma também é possível acompanhar o andamento das demandas e acessar as perguntas mais frequentes, a exemplo de ‘diferença entre fazer denúncia e comunicar irregularidades’, ‘qual a competência do Tribunal de Contas’ e ‘diferença entre demanda e solicitação de informação’. No Guia da Ouvidoria são explicados detalhes sobre o que é a Ouvidoria e quais as suas atribuições.

Outra novidade da página é um blog abordando diversos temas de interesse público. Nele é possível ler sobre assuntos relacionados à cidadania, direitos humanos, gestão pública e políticas públicas.

Muitas outras informações estão disponíveis aos interessados como a Carta de Serviços do TCE, legislação e links de interesse. 

Além disso, na quinta-feira (15), foi implantada uma atualização do Sistema de gestão da Ouvidoria, o Sisouv. A partir de agora os próprios setores do TCE podem fazer a gestão das demandas encaminhadas pela  sociedade.

De acordo com a coordenadora da Ouvidoria do Tribunal, Priscila Monteiro, “o sistema é de fácil navegabilidade, facilitando a visualização, pela equipe, dos trâmites das demandas e dos registros de comunicação com os cidadãos”.

A nova versão do Sisouv conta com filtros mais detalhados permitindo relatórios fiéis aos tipos de demandas e distribuição por setores. Também há possibilidade de integração com as solicitações de informações públicas com base na Lei de Acesso à Informação (LAI). 

O sistema também permite deixar os alertas de prazos mais evidentes, tornando mais fácil para os servidores o acompanhamento e retorno ao cidadão dentro do prazo legal. E foi desenvolvido com tecnologia que possibilita uma maior robustez e segurança quanto à integridade dos dados e acesso. 

Confira as principais mudanças:

  • Interface para entrada das manifestações da sociedade, que possibilita a partir de agora que cada cidadão tenha uma área própria com todas as suas manifestações , apresentando os dados gerais e situação atual.

  • Página inicial do sistema para os usuários da Ouvidoria do TCE no formato dashboard para facilitar a gestão, controle de prazos, identificação e notificação de pendências.

  • Integração com o Sistema Eletrônico de Informações ( SEI) onde além de abrir uma de forma automatizada uma manifestação que foi originada no SISOUV, ainda é realizada de forma automatizada a tramitação para o setor responsável por tratar a manifestação, otimizando assim o processo de trabalho da equipe da Ouvidoria.

  • Autenticação do sistema, através do keycloak, que realiza o gerenciamento das credenciais dos usuários e dos acessos de forma mais segura e eficaz.

    Gerência de Jornalismo (GEJO), 15/12/2023

::/introtext::
::fulltext::::/fulltext::
::carrossel::3::/carrossel::

::cck_carrossel::imagens_e_legendas::/cck_carrossel::
::legenda_carrossel|0|carrossel::::/legenda_carrossel|0|carrossel::
::imagem_carrossel|0|carrossel::::/imagem_carrossel|0|carrossel::
::cckend_carrossel::::/cckend_carrossel::
::cck_carrossel::imagens_e_legendas::/cck_carrossel::
::legenda_carrossel|1|carrossel::::/legenda_carrossel|1|carrossel::
::imagem_carrossel|1|carrossel::::/imagem_carrossel|1|carrossel::
::cckend_carrossel::::/cckend_carrossel::
::cck_carrossel::imagens_e_legendas::/cck_carrossel::
::legenda_carrossel|2|carrossel::::/legenda_carrossel|2|carrossel::
::imagem_carrossel|2|carrossel::::/imagem_carrossel|2|carrossel::
::cckend_carrossel::::/cckend_carrossel::