Eleitor pode baixar e-Título

Operadores do sistema usarão a nova ferramenta a partir de fevereiro

Uma nova etapa de atualização do Sistema de Filiação Partidária, o Filia, estará disponível a partir do início de fevereiro com a utilização do chamado segundo fator de autenticação, por meio do e-Título.

Como vai funcionar?

Todas as pessoas que operam o Filia com uso de senha passarão a utilizar também o e-Titulo para confirmar o acesso ao sistema. Para isso, esses usuários precisarão estar com a biometria cadastrada na Justiça Eleitoral.

A autenticação de dois fatores é uma camada extra de proteção utilizada nos sistemas mais modernos atualmente.

Assim, quando acessar o Filia para inserir dados de um novo filiado, o representante do partido, além de utilizar a senha de acesso, deverá preencher uma informação que será solicitada na tela do sistema e deverá ser confirmada por meio do aplicativo da Justiça Eleitoral.

Para que essa novidade seja implantada, o Sistema ficará indisponível a partir deste sábado (13) com previsão de conclusão no início de fevereiro.

O objetivo é aperfeiçoar os mecanismos de segurança já existentes e tornar cada vez mais protegidos os dados de eleitores filiados a partidos políticos no Brasil.

CM

Veja mais