Foto: Antonio Augusto/Secom/TSE - TSE inaugura retrato do ministro Edson Fachin na galeria dos presidentes - 12.12.2023

Ministro do STF teve fotografia afixada na Galeria dos Presidentes da Corte Eleitoral

“Ter servido à causa da democracia neste Tribunal foi uma honra”, disse o ministro do Supremo Tribunal Federal (STF) Edson Fachin durante homenagem que recebeu no Tribunal Superior Eleitoral (TSE) nesta terça-feira (12). Em cerimônia de descerramento de seu retrato na Galeria dos Presidentes da Corte Eleitoral – por ele conduzida de fevereiro a agosto de 2022 –, o magistrado ressaltou o compromisso da Justiça Eleitoral com a defesa da Constituição Federal e contra a “erosão” de valores democráticos. 

“Prestamos aqui um serviço público e prestamos contas à sociedade brasileira. A todas e a todos, meu penhorado agradecimento. A Constituição nos fez fortes e com ela detivemos processos de erosão dos valores democráticos. A Justiça Eleitoral teve e tem indiscutível e indispensável papel nessa tarefa, amarrada à Constituição e à institucionalidade”, afirmou Fachin.

O ex-presidente do TSE, atual vice-presidente do STF, também destacou que, fora da democracia, das liberdades e dos direitos humanos, “há somente a barbárie”. “É imprescindível atenção, vigilância e esperança defensiva. A democracia deve seguir sendo esta obra que se constrói coletivamente, a muitas mãos, a partir da pluralidade de visões, da convivência harmônica entre diferentes, da circulação de informações de qualidade e da defesa intransigente do Estado de Direito Democrático”, acrescentou Fachin.

Veja mais