Justiça Eleitoral pelo Brasil

Instituições exaltaram posicionamento do Regional diante dos atos do 8 de janeiro

O presidente do Tribunal Regional Eleitoral de Goiás (TRE-GO), Itaney Francisco Campos, e a vice-presidente e corregedora, desembargadora Amélia Martins de Araújo, receberam representantes do Fórum Goiano em Defesa dos Direitos, da Democracia e da Soberania, que trouxeram uma nota pública em defesa do Estado Democrático de Direito ante os atos antidemocráticos que aconteceram na capital federal em 8 de janeiro de 2023.

A comissão do Fórum foi representada pelo presidente do Instituto Cultural Bernardo Élis para os Povos do Cerrado (Icebe), Nilson Jaime, que destacou a conduta do TRE-GO frente aos ataques. “O fórum, que congrega mais de 40 instituições, traz aqui um manifesto ao TRE-GO, para agradecer ao tribunal pelo posicionamento corajoso que teve junto com os tribunais superiores, mostrando que devem sempre prevalecer a Constituição, as leis eleitorais e a democracia”, disse Jaime.

O desembargador Itaney Francisco Campos destacou o simbolismo do ato. “Hoje é uma data importante para a nossa história porque é uma data para reflexão. A situação foi extremamente melindrosa, preocupante, periculosa e deve servir sempre de alerta para a democracia”, ponderou. Na ocasião, ele leu para os presentes a íntegra da nota da Presidência sobre os eventos de 8 de janeiro de 2023, publicada naquela data.

Também participaram do encontro o diretor-geral em exercício do TRE-GO, Pedro Azzi; o secretário judiciário da Corte, Leonardo Sapiência; e os servidores Ilana Ayres, Natália Drummond e Weliton Silva.

DG, com informações da Assessoria de Imprensa e Comunicação Social da OAB-GO / MSM

Leia mais:

Veja mais