Programa de Acessibilidade da Justiça Eleitoral 03.12.2023

Justiça Eleitoral comemora a data com esforço contínuo em ações de acessibilidade para assegurar o exercício do voto

Neste domingo (3), Dia Internacional das Pessoas com Deficiência, o Tribunal Superior Eleitoral (TSE) celebra a data reafirmando a importância de ações que ampliem o acesso de eleitoras e eleitores com deficiência física ou mobilidade reduzida aos serviços e às dependências dos órgãos da Justiça Eleitoral (JE), bem como ao exercício do voto nas eleições.

A atuação do TSE nesse sentido foi ampliada em 2012, quando a Corte instituiu o Programa de Acessibilidade da Justiça Eleitoral. O objetivo é implementar medidas para a remoção de barreiras físicas, arquitetônicas, de comunicação e atitudes, garantindo o acesso amplo e irrestrito, com segurança e autonomia, de pessoas com deficiência ou mobilidade reduzida ao processo eleitoral.

E, nesta quinta-feira (30), o TSE realizou o 2º Encontro Nacional de Acessibilidade da Justiça Eleitoral, o primeiro evento on-line da JE 100% acessível, que contou com os três recursos de acessibilidade comunicacional: Libras, legendagem e audiodescrição. “Desde sempre travo uma luta pela inclusão e visibilidade das pessoas negras, marcadamente, as mulheres nos espaços decisórios. Nós precisamos trabalhar para que todas as pessoas, sem os ‘ismos’ – capacitismo, machismo, etarismo, racismo – aprendam que o bom da vida é a diversidade”, defendeu a ministra Edilene Lôbo, na abertura do evento.

II Encontro Nacional de Acessibilidade da Justiça Eleitoral - 01.12.2023

Veja mais