Ministro Paulo de Tarso Sanseverino - 31.10.2023

Espaço será utilizado para oitivas presenciais e híbridas. Inauguração será na próxima terça (7), às 18h, no edifício-sede da Corte, em Brasília

A Corregedoria-Geral da Justiça Eleitoral (CGE) inaugura na próxima terça-feira (7), às 18h, a Sala de Audiências Ministro Paulo de Tarso Sanseverino. O espaço, que vai funcionar no 7º andar do edifício-sede do Tribunal Superior Eleitoral (TSE), em Brasília, oferece uma estrutura adequada para realizar audiências e ouvir testemunhas no âmbito de processos que competem à CGE, como as Ações de Investigação Judicial Eleitoral (Aijes) envolvendo eleições presidenciais. A homenagem ao ministro Sanseverino, que morreu no dia 8 de abril deste ano, foi proposta pela Corregedoria e aprovada pela Secretaria-Geral da Presidência do TSE.

O local cumpre o exigido pelo Conselho Nacional de Justiça (CNJ) na Resolução nº 341, de 2020, que determina, entre outros pontos, a disponibilização de salas para depoimentos em audiências por sistema de videoconferência. Além disso, o espaço atende a uma crescente demanda para realização de audiências da CGE, em razão do maior número de Aijes referentes às eleições presidenciais. De 2014 a 2022, o número de ações dessa natureza que chegam ao TSE aumentou em seis vezes, passando de cinco para 34 ações.

Perfil

Nascido em Porto Alegre (RS), o ministro Paulo de Tarso Sanseverino iniciou a vida profissional no serviço público como agente administrativo no Tribunal Regional Eleitoral do Rio Grande do Sul (TRE-RS) e, na sequência, como assistente superior judiciário do Tribunal de Justiça do Rio Grande do Sul (TJRS).

Veja mais