Foto: Alejandro Zambrana/Secom/TSE - Sessão plenária do TSE - 19.10.2023

Relatórios detalham mérito das ações e os argumentos da acusação e da defesa das partes envolvidas

Disponíveis para consulta pública, os relatórios produzidos pelo corregedor-geral eleitoral, ministro Benedito Gonçalves, detalham os argumentos da acusação, da defesa e as alegações finais apresentadas pelas partes, bem como os pareceres da Procuradoria-Geral Eleitoral (PGE) sobre as Ações de Investigação Judicial Eleitoral (Aijes) julgadas na manhã desta quinta-feira (19) pelo Plenário do Tribunal Superior Eleitoral (TSE).

As ações foram movidas contra a coligação Brasil da Esperança e os então candidatos a presidente e a vice-presidente da República nas Eleições 2022 Luiz Inácio Lula da Silva e Geraldo Alckmin. A coligação Pelo Bem do Brasil e Jair Bolsonaro, autores das ações, acusam ambos da prática de abuso de poder econômico e de uso indevido dos meios de comunicação.

Leia os principais argumentos:

Aije 0601312-84

Veja mais